Igreja Assembléia de Deus Ribeirão Preto - Ministração da Palavra, Adoração, Louvor
Manancial de Vida AD - Um canal de benção para sua vida.
 
Untitled Document

Elizeu, exemplo a ser seguido

 

Analisando a história do profeta Elizeu, percebo novamente a importância de abandonar o Egito se quisermos servir a Deus de maneira integral. Somente abandonando o mundo seremos abençoados e herdaremos a vida eterna.

Próximo do fim de seu ministério profético, Elias, cansado da rebeldia de Israel contra Deus, pede que o Senhor o leve, pois estava com pressa de deixar esta tarefa (1 Rs 19.4). Elias viveu no século IX antes de Cristo, durante os reinados de Acabe e Acazias.

Em resposta ao pedido de Elias, Deus ordenou que ele ungisse Eliseu como seu sucessor. Imediatamente, Elias se apressou em procurar Eliseu e o encontrou lavrando a terra de sua família com doze juntas de bois. Ao passar, Elias lançou sobre ele o seu manto, num gesto simbólico de chamamento. Após fazer isso, ele continuou andando, mas foi alcançado por Elizeu. Submisso a ordem de Deus, anunciada pelo profeta, Eliseu pediu apenas a oportunidade para se despedir de seus pais.

A Pergunta que surge neste contexto é por que Deus escolheu Elizeu como novo profeta de Israel e não um dos alunos da Escola de Profetas que Elias possuía? Pela ótica humana, por estudarem e serem alunos de Elias, esses futuros profetas estariam muito mais preparados para o cargo do que Elizeu.

Para entender o porquê dessa escolha, é preciso que nos reportemos à sociedade de Israel daquela época. No período em que Elias viveu, Israel estava entregue à idolatria. Para muitos, o título de profeta dava status e era mais importante do que obedecer e servir integralmente ao Senhor.

Naquela época, a idolatria em Israel era tanta que Jesus Cristo deixou isso evidente em Lucas 4.27: “Também havia muitos leprosos em Israel no tempo de Elizeu, o profeta, todavia, nenhum deles foi purificado – somente Naamã, o Sírio”.

Naamã foi a única pessoa curada de lepra em Israel durante o ministério profético de Elizeu. Ele recebeu a cura graças a uma menina israelita que foi feita escrava pelos sírios e que trabalhava na casa de Naamã. Ele era comandante do exército sírio.

Com a cura, Deus estava mostrando para Israel que se eles não se convertessem não receberiam as bênçãos do Senhor. Também deixava claro que servir a Deus independe de nossa situação econômica, física ou social. Caso contrário, a menina escrava em um país distante, na casa do principal comandante do Exército Sírio, jamais teria evangelizado Naamã.

Como Deus conhece infinitamente o coração do ser humano, ele escolheu Elizeu porque sabia que ele e sua família o serviam fielmente. A Bíblia não menciona explicitamente isso, mas o episódio em que Elias comunica a Eliseu essa escolha comprova sua obediência a Deus.

Quando surpreendido com Elias jogando seu manto sobre ele, Elizeu compreende imediatamente que tinha sido escolhido por Deus para sucedê-lo. Isso significa que ele conhecia a palavra do Senhor e a obedecia. Caso contrário, sairia correndo atrás de Elias e, com certeza, lhe perguntaria: seu eremita, o que você pretende jogando este manto encardido sobre minha cabeça?

Nos tempos bíblicos, o manto era uma peça solta, sem mangas, usado sobre as outras roupas como símbolo de autoridade. Acredita-se que ele, provavelmente, era de couro, feita de pele de carneiro. Ao jogá-lo, Elias simbolizava a passagem da autoridade da liderança profética dele para Eliseu. No livro de Rute (3.9-12) é possível ver outro exemplo do uso do manto como instrumento transformador. Nos dias atuais, o manto do Cristão é o Espírito Santo.

Outra constatação de que Elizeu obedeceu integralmente o chamado de Deus é observado em 1º Reis 19, quando ele mata e assa uma junta de bois e usa os aparelhos de aragem para cozer as suas carnes e alimentar o povo com elas. Ao matar os animais e usar seus instrumentos de trabalho para cozê-los, destruindo-os, Elizeu demonstrou para todos que sua escolha exclusiva por Deus era definitiva, sem possibilidade de volta.

O que impressiona, também, é que, da ordem dada por Deus até a data em que Elizeu substituiu definitivamente Elias (isso durou cerca de dez anos), ele se mostrou obediente e fiel à vontade de Deus, servindo incondicionalmente Elias.



VEJA TAMBÉM
Galerias de Fotos
ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br ieaderp.com.br

 
 
Widget gerado por Gospel Prime
 
R

VÍDEOS


Igreja Evangélica Assembleia de Deus
Rua Álvares de Azevedo, 635 - Vila Tibério - Ribeirão Preto/SP
Fones:(16) 3636-9591 / 3636-9435
Copyright © 2013 - Todos os direitos reservados.